quarta-feira, abril 04, 2007

ARAGONÊS(TINTA RORIZ)


O cacho é grande e aberto. Possui bagos de tamanho heterogéneo, com forma ligeiramente achatada e epiderme medianamente grossa, de cor negro-azul com forte pruína; a polpa, não corada, é suculenta, mole e de sabor muito próprio. É bastante produtiva e de maturação média. Nos vinhos, em que exista em boa percentagem, intensifica os aromas de fruta madura. É notório o excelente equilíbrio marcado pela qualidade dos seus taninos, assim como o equilíbrio corpo e acidez.

3 comentários:

beijokense disse...

É a minha preferida ;)

viveiros-batista disse...

é a tua freferida mas em que aspecto, como casta ou o vinho feito a partir desta casta?

beijokense disse...

Refiro-me a vinho.
Aragonês no Alentejo, roriz no Douro (embora neste caso resultem melhor as misturas com touriga), tempranillo em Espanha - aqui levam nomes locais, tinta de "local"; aprecio bastante tinta de Toro.